Vicente Dias

Data de publicação
2009
Categorias
Período
Área Geográfica
Era um armador e mercador de Lagos. Em 1445, participou na expedição de Lançarote de Lagos, que tinha como principal missão ir à ilha de Tider, vingar a morte de Gonçalo de Sintra. No rio Gambia, Vicente Dias foi atacado por um negro que lhe marcou a face. Depois de terem capturado alguns escravos regressaram ao Reino. Em 1451, comandou uma das embarcações que o infante D. Henrique enviou contra as ilhas de Lançarote e Gomeira, nas Canárias. Segundo Cadamosto, em 1455, Vicente Dias, natural de Lagos, foi patrão de uma caravela nova, de quarenta e cinco toneladas. O sucesso desta viagem deveu-se, em parte, à experiência de Vicente Dias desta região. A expedição seguiu para a Madeira, depois para as Canárias, percorrendo as costas do Senegal. Ao que parece Vicente Dias desejou dobrar o Cabo Verde e explorar as terras do Gambia, a viagem só não se aprofundou mais pois a tripulação recusou-se a seguir caminho, exigindo o regresso ao Reino.

Bibliografia:
CORDEIRO, Fernando, "Dias, Vicente", in Dicionário de História dos Descobrimentos Portugueses, vol. I, Lisboa, Caminho, p. 355. ZURARA, Gomes Eanes de, Crónica dos feitos notáveis que se passaram na conquista de Guiné por mandado do infante D. Henrique, 2 vols., Lisboa, Academia Portuguesa de História, 1981.