Manuel Barreto (1563-1620)

Data de publicação
2009
Categorias
Período
Área Geográfica
Religioso da Companhia de Jesus que trabalhou especialmente no Japão. Nasceu na Feira, por volta de 1563 e faleceu no Japão, a 29 de Setembro de 1620. Entrou para a Companhia em Goa, em 1579. Chegou ao Japão em 1590, tendo começado por ensinar latim no seminário. Em 1600 fundou a residência de Kamigyô; a 11 de Fevereiro de 1600 fez votos de coadjutor espiritual formado, em Miyako. Depois passou para Nagasáqui, onde em Outubro de 1603 já era o companheiro de D. Luís Cerqueira, cargo que desempenhou até Julho de 1607, quando foi substituído por Juan Baptista Baeza. Em 1611, estava à frente duma residência no território dum tono gentio, muito provavelmente a de Yanagawa, em Chikugo. Em Fevereiro de 1613, encontrava-se de novo em Nagasáqui, onde era confessor e pregador, tendo regressado ainda nesse ano a Macau numa pequena embarcação, por a nau do trato não ter feito a viagem nesse ano. Valentim de Carvalho nomeara-o procurador da missão em Goa, mas Barreto ficou a desempenhar esse cargo em Macau, a que juntava o de consultor do colégio. Foi procurador em Macau até 1616; foi então enviado à Cochinchina e daí passou para o Japão no ano seguinte, tendo ido trabalhar para Ôsaka. Era um bom conhecedor da língua japonesa.

Bibliografia:
Monumenta Historica Japoniae, dir. de Josef Franz Schütte S. J., Roma, Institutum Historicum Societatis Iesu, 1975. COSTA, João Paulo Oliveira e, O Cristianismo no Japão e o Episcopado de D. Luís de Cerqueira, dissertação de doutoramento em História apresentada à Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, Lisboa, 1998 (texto fotocopiado).