Manoel de Magalhães Coutinho

Autor
Data de publicação
2009
Categorias
Período
Área Geográfica
Morador em Macau na segunda metade do século XVII fez parte do núcleo de Eleitos da cidade na década de 1630. Vereador em 1640 integrou a elite do poder, riqueza e saber da cidade em questão. Sinónimo do seu prestígio e influência, é o facto de ter participado na reunião camarária de 1641 em que estiveram presentes os «vinte cidadoens dos mais velhos, e authoridades em prudência e gouerno», e naquela em que, numa perspectiva de reforço da parcial autonomia de Macau face ao Estado da Índia, foram eleitos Adjuntos Procuradores do povo em 1643. Contando com cerca de dez anos de estadia em 1642, foi um dos actores sociais mais importantes neste ano conturbado da vivência macaense.

Bibliografia:
BOXER, Charles, Macau na Época da Restauração, Lisboa, Fundação Oriente, Vol. II, 1993. PENALVA, Elsa, Lutas pelo Poder em Macau (c.1590-c.1660), Universidade de Lisboa (tese de doutoramento policopiada), 2005. IDEM, «Mulheres em Macau», Actas do Colóquio Internacional Macau no Período Ming, Centro Científico e Cultural de Macau, I.P., 2007 (no prelo). IDEM, «Elites Mercantis de Macau em 1642», Edição conjunta do Centro Científico e Cultural de Macau e Centro de História de Além-Mar da Universidade Nova do bulletin of Portuguese/Japanese Studies, Centro de História de Além-Mar, Universidade Nova de Lisboa, 2008.