Jerónimo de Angelis (1568-1623)

Data de publicação
2009
Categorias
Período
Área Geográfica
Religioso da Companhia de Jesus que trabalhou especialmente no Japão. Nasceu em Enna, na Sicília, em 1568 e faleceu em Edo (Tóquio), a 4 de Dezembro de 1623. Ofereceu-se para servir nas missões do Extremo Oriente quando ainda era estudante; deixou Génova em Dezembro de 1595 e partiu de Lisboa a 10 de Abril de 1596. Foi companheiro de aventura de Carlo Spinola, por terras brasileiras, porto riquenhas e inglesas. Concluiu os seus estudos em Macau, e chegou ao Japão em Julho de 1602. Esteve cerca de uma ano em Arima a estudar a língua e em Outubro de 1603 encontrava-se na residência de Osaka, confessando já em japonês. Passou depois para a residência de Fushimi, onde trabalhou oito anos consecutivos. A 11 de Dezembro de 1611 tornou-se professo de 4 votos. Em Fevereiro de 1613 encontrava-se em Miyako, sendo consultor do reitor. Foi de seguida destinado a abrir a missão de Suruga, que, no entanto, não chegaria a ser inaugurada devido aos incidentes que desencadearam o processo final de ruptura do bakufu com o Cristianismo. Aquando do édito de expulsão, foi a Nagasáqui, mas logrou permanecer no Japão, e a partir de 1615 trabalhou permanentemente no Norte do país, tendo como centro da sua actividade Sendai e visitado sobretudo as províncias de Mutsu, Kai e Sado; foi ainda o primeiro europeu a visitar a ilha de Hokkaidô. Foi queimado vivo em Edo (Tóquio).

Bibliografia:
Monumenta Historica Japoniae, dir. de Josef Franz Schütte S. J., Roma, Institutum Historicum Societatis Iesu, 1975. COSTA, João Paulo Oliveira e, O Cristianismo no Japão e o Episcopado de D. Luís de Cerqueira, dissertação de doutoramento em História apresentada à Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, Lisboa, 1998 (texto fotocopiado).