Camilo Constâncio (1571-1622)

Data de publicação
2009
Categorias
Período
Área Geográfica
Religioso da Companhia de Jesus que trabalhou especialmente no Japão. Nasceu em Cosensa, na Calábria, em 1571,e faleceu em Tabira (Hirado), a 15 de Setembro de 1622. Entrou na Companhia a 8 de Setembro de 1591, partiu para a Índia em 1603, e em 1604 chegou a Macau. Quando foi para o Japão, em 1605, foi estudar a língua japonesa em Arima; viera contrariado para o Japão, pois o seu grande desejo era ir evangelizar a China. Em Macau foi examinado pelos padres Francisco Lopes e António Rodrigues; o primeiro desaprovou-o liminarmente, enquanto o segundo foi menos radical, embora também considerasse que as provas prestadas não haviam sido muito satisfatórias. Desejara ir para a China, mas em 6 de Fevereiro de 1612 escreveu de Sakai para o Geral pedindo-lhe para ficar definitivamente no Japão, pois já estava aí havia 8 anos e já sabia a língua e costumes, confessava e pregava. Partiu para o exílio em Macau, em Novembro de 1614, e aí tornou-se professo de 4 votos, a 21 de Outubro de 1615. Reentrou no Japão em Agosto de 1621, mas foi capturado logo a 24 de Abril de 1622 e foi queimado vivo.

Bibliografia:
COSTA, João Paulo Oliveira e, O Cristianismo no Japão e o Episcopado de D. Luís de Cerqueira, dissertação de doutoramento em História apresentada à Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, Lisboa, 1998 (texto fotocopiado).