Luís Fróis (1532-1597)

Data de publicação
2009
Categorias
Período
Área Geográfica
Religioso da Companhia de Jesus que trabalhou especialmente no Japão. Nasceu em Lisboa, em 1532 e faleceu em Nagasáqui, a 8 de Julho de 1597. Entrou na Companhia em 1548 e seguiu de imediato para o Oriente. Trabalhou na Índia e esteve em Malaca (1554-1557), e já nessa altura revelou os seus dotes extraordinários para a escrita e para a apreensão do meio que o rodeava. Foi ordenado sacerdote em 1561, e no ano seguinte partiu definitivamente para o Extremo Oriente. Chegou ao Japão, em 6 de Julho de 1563, tendo desembarcado em Yokoseura. Em 1565 foi destacado como superior da missão de Miyako, onde permaneceu durante dez anos; além de desenvolver o método de acomodação cultural, dirigiu a aproximação da missão a Oda Nobunaga, ao mesmo tempo que escrevia longas cartas que eram editadas sistematicamente pelos seus irmãos europeus. Transitou depois para a região de Bungo, de que foi, igualmente superior. Acompanhou Alexandre Valignano, quando este visitou o centro do país, em 1581, e depois foi companheiro do vice-provincial Gaspar Coelho, ao mesmo tempo que se dedicava à compilação da História de Japam. Para lá da História, compôs, em 1585, o Tratado das diferenças, obra extraordinária, pelo modo como descreve duma maneira quase sempre neutral duas civilizações com costumes antagónicos. A 9 de Outubro de 1592, acompanhou Valignano a Macau e regressou ao Japão em Julho de 1595. Em 1596 foi acometido por uma doença, que lhe fizera inchar uma perna, vindo a falecer no ano seguinte. Fez profissão de 3 votos em Usuki, a 18 de Outubro de 1581, e depois, tornou-se professo de 4 votos em Katsusa, em Julho de 1591.

Bibliografia:
COSTA, João Paulo Oliveira e, O Cristianismo no Japão e o Episcopado de D. Luís de Cerqueira, dissertação de doutoramento em História apresentada à Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, Lisboa, 1998 (texto fotocopiado).